Loading... (0%)

Terapia imune contra câncer leva Prêmio Nobel de Medicina

01 October 2018

James P. Allison e Tasuku Honjo são os ganhadores do Prêmio Nobel 2018 de Medicina. A Academia Sueca anunciou nesta segunda-feira (01) que o americano e o japonês irão dividir o prêmio de 9 milhões de coroas suecas, o equivalente a R$ 4.098.402.

Os dois desenvolveram pesquisas separadas envolvendo proteínas que agem como um freio sobre o sistema durante tratamento de câncer. “Eles estabeleceram um princípio inteiramente novo para a terapia do câncer”, afirmou a Academia Sueca.

O imunologista James P. Allison, da Universidade do Texas, estudou uma proteína que funciona como um freio no sistema imune. “Ele descobriu o potencial de solar esse freio e lançar as células imunes para atacar os tumores, e desenvolveu esse conceito até chegar a uma nova abordagem para tratar pacientes”, diz a Fundação Nobel.

Já o imunologista Tasuku Honjo, professor da Universidade de Kyoto, descobriu uma proteína nas células imunes que também age como um freio, mas com um mecanismo diferente de ação. “Terapias baseadas na descoberta dele provaram ser bastante efetivas na luta contra o câncer”, afirma a Fundação.

De acordo com especialistas presentes no anúncio, o tratamento é inovador porque é direcionado ao sistema imune, ao invés de atuar diretamente no tumor. Eles também afirmaram que o tratamento tem menos efeitos colaterais e é especialmente eficaz contra o melanoma maligno, tipo de câncer de pele, pulmão, rins, linfoma, e “muitos outros”.

Fonte: G1